POLICIAL VIOLÊNCIA

Casos de agressões foram registrados na região no domingo

Polícia Militar atendeu a várias ocorrências

11/10/2021 13h36 Atualizada há 3 dias
Por: Redação Fonte: Polícia Militar
Reprodução
Reprodução

Para muitos, “domingão” é dia de relaxar e aproveitar a folga para descansar ou se divertir, certo? Mas outros preferem gastar o tempo com tumulto e confusão. Foi assim esse domingo (10) em Assis Chateaubriand e Tupãssi, onde a Polícia Militar atendeu a várias ocorrências de agressão.

Na madrugada, quando era por volta das 4h, a PM foi acionada para comparecer em frente ao Hospital Beneficente Moacir Micheletto, onde um cidadão informou que estava num posto de combustíveis quando alguns indivíduos o atacaram, sendo que um deles o agrediu na região da boca com um copo de vidro, resultando numa pequena lesão. Além disso, seu carro teve o retrovisor esquerdo danificado pelos agressores, que se evadiram do local.

A equipe policial orientou a vítima quanto à confecção do laudo de lesão corporal, a ser entregue na 48ª DRP.

Por volta das 22h, a PM foi novamente chamada para se deslocar até o Hospital Beneficente, onde uma enfermeira relatou que um homem de aproximadamente 30 anos havia dado entrada com lesões na cabeça. Em conversa com o cidadão, ele disse ser morador de Pitanga e estaria por alguns dias no município de Assis a trabalho.

Questionado sobre a agressão, o homem não soube dizer quem o golpeou e qual seria o motivo.

Já durante à tarde, um morador do Jardim América chamou a Polícia Militar, após ser agredido com socos por seu vizinho, que estava de mudança e o acusou de furtar alguns objetos em meio aos deslocamentos para fretar os móveis. Ambos não tiveram interesse em representar e, por isso, foram liberados pela PM.

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Em Assis Chateaubriand, um homem foi preso após agredir sua esposa. Clique aqui e saiba mais.

TUPÃSSI

Em Tupãssi, logo cedo, os policiais também receberam chamado para comparecer ao Hospital Municipal, onde havia dado entrada um senhor vítima de agressão. Era por volta das 6h30 deste domingo e, quando os policiais chegaram, a vítima relatou que, minutos antes, estava em sua residência quando dois indivíduos arrombaram a porta da sala e começaram a agredi-lo, causando-lhe lesões na cabeça e nos braços.

O homem disse que identificou um dos autores e que o mesmo já vinha fazendo ameaças em grupos de WhatsApp. A equipe realizou patrulhamento no intuito de localizar o mesmo, porém, até a última informação, não havia sido encontrado.

A vítima foi orientada quanto aos procedimentos cabíveis, após confecção do boletim de ocorrência que foi encaminhado para a 48ª DRP.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.