GERAL TEMPORAL

Municípios da região realizam força tarefa para reconstruir estragos causados pelo temporal

Muitas lavouras de milho foram devastadas pela chuva de granizo

25/04/2022 13h19
Por: William Borges
Da assessoria
Da assessoria

Municípios da nossa região continuam realizando força-tarefa para reconstruir os estragos causados pelo temporal da última sexta-feira (22). A chuva acompanhada de volume expressivo de granizo e ventos fortes resultaram em destelhamentos de milhares de residências, além da queda de árvores em ruas e rodovias, e a falta de energia e água por horas em algumas localidades.

As pedras de gelo também danificaram muitos veículos. Na agricultura, muitas lavouras, especialmente de milho, que apresentam boa evolução e prometiam alta produtividade, foram devastadas pela chuva de granizo.

Maripá

Município de Maripá
Município de Maripá

Uma das cidades mais atingidas, senão A MAIS ATINGIDA pela fúria do temporal, foi Maripá. O clima era de festa na cidade, pois o município realizava o evento para celebração de seus 32 anos de emancipação político-administrativa, com o tradicional Arrancadão de Tratores.

Mas tudo foi suspenso após a passagem o temporal que deixou um rastro de destruição. Desde então, os trabalhos vêm sendo intensos para recuperar os prejuízos e, principalmente, atender às famílias atingidas.

Em reunião com o Corpo de Bombeiros, na manhã deste domingo (24), o prefeito Rodrigo Schanoski com sua equipe de governo coordena um levantamento dos danos em residências, comércios, indústrias, prédios públicos e propriedades rurais. O Município emitirá um Decreto de Declaração de Situação de Emergência, medida necessária para a captação de recursos e liberação de uma série de benefícios a quem foi afetado pelo desastre.

Município de Maripá
Município de Maripá

A mesma decisão será tomada por outros municípios.

Em razão dos danos a prédios públicos, a Prefeitura de Maripá restringiu o atendimento ao público, nesta segunda-feira (25), visando a limpeza e organização dos espaços. Com isso, na sede do município, há atendimento apenas no Paço Municipal e no Pronto Atendimento 24 Horas. Já nos distritos de Candeia e Pérola Independente, o atendimento ocorre normalmente em todas as repartições públicas.

Assis Chateaubriand

Outro município afetado pelo temporal de sexta-feira é Assis Chateaubriand. De acordo com informação divulgada pela prefeitura, aproximadamente 1.000 famílias buscaram auxílio na Assistência Social para reparar os danos causados em suas moradias, principalmente com destelhamentos.

Os trabalhos da Administração Municipal vêm sendo feitos em conjunto com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Tiro de Guerra 05-015.

Os trabalhos da Administração Municipal vêm sendo feitos em conjunto com o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Tiro de Guerra 05-015.

Jesuítas

Moradores de Jesuítas também foram afetados e centenas de imóveis tiveram seus telhados quebrados. Assim que o temporal chegou, a cidade sofreu um apagão e ficou às escuras. Ruas tiveram passagem obstruída em razão da queda de árvores.

A operação de limpeza e assistência às famílias prejudicadas é realizada pela equipe de servidores municipais, em conjunto com a Defesa Civil e Corpo de Bombeiros.

Telhas são entregues em Jesuítas

Umuarama

Em Umuarama, forte chuva e rajadas ventos chegaram na madrugada de sábado. A tempestade também causou estragos na Capital da Amizade, que amanheceu com muitas árvores e galhos espalhados pelas ruas. Veículos que estavam estacionados também foram atingidos por galhos e árvores.

Juranda

Foto: Goionews

Em Juranda, em meio aos muitos prejuízos na cidade, a força das rajadas de vento foi tão grande que destruiu o Ginásio de Esportes 16 de Dezembro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.