GERAL Saúde

Micheletto e Ratinho Jr liberam R$ 1,3 milhão para Hospital Beneficente Moacir Micheletto

Recurso será repassado a fundo perdido pela Copel

20/05/2022 14h10 Atualizada há 1 mês
Por: William Borges
Assessoria
Assessoria

O governador Ratinho Junior (PSD) e o deputado estadual Marcel Micheletto (PL) confirmaram, na quarta-feira (18), a liberação de aproximadamente R$ 1,3 milhão para o Hospital Beneficente Moacir Micheletto, de Assis Chateaubriand.

O recurso será repassado a fundo perdido pela Copel para um projeto que irá reduzir em até 50% ao ano a conta de luz da instituição. No total, o Estado está destinando R$ 35 milhões a 41 hospitais públicos e beneficentes, de 33 municípios de todas as regiões do Paraná.

Essa é mais uma iniciativa do Governo do Estado voltada a salvar e a melhorar a vida das pessoas. Os recursos economizados na conta de luz poderão ser revertidos para outras áreas, melhorando o atendimento nesse hospital que é referência para 25 municípios da nossa região e, sobretudo, para a população mais carente atendida pelo SUS”, destacou Marcel Micheletto.

Conforme o projeto aprovado pela Copel ao Hospital Moacir Micheletto, serão instalados na instituição 334 painéis para a geração de energia solar e 23 coletores solares para o aquecimento de água, e ainda serão trocados os aparelhos de ar condicionado. A expectativa é que essas mudanças gerem entre 30% e 50% de economia por ano nos gastos com energia elétrica.

Além dos requisitos técnicos de valores investidos e da redução alcançada no consumo, pela primeira vez, a Copel levou em conta critérios socioeconômicos na avaliação dos projetos: número de leitos destinados ao SUS, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) das cidades e as dificuldades financeiras para fazer frente ao consumo médio de energia.

Em parceria com a Copel, estamos reforçando a nossa estratégia de fortalecer as estruturas regionais de atendimento à saúde e, nesse caso específico, por meio de projetos inovadores e que olhem para as camadas mais necessitadas da sociedade. Na pandemia, os hospitais públicos e beneficentes se mostraram grandes parceiros, deixando as portas abertas mesmo em um momento de grande dificuldade. Então, nada mais justo de que pensar em uma forma de apoiar esse sistema tão importante para o Paraná”, afirmou Ratinho Junior.

Agora, a Copel encaminhará os contratos para homologação da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que dará o aval final para que os recursos sejam repassados a cada hospital.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.